domingo, 29 de outubro de 2017

Mulher é executada após falar mal de traficante morto, em grupo no WhatsApp

Luzimar dos Santos, 37 anos, teve a casa invadida e foi assassinada a tiros, no bairro do São Gonçalo do Retiro em Lauro de Freitas, interior da Bahia. O crime aconteceu quando a vítima estava deitada na cama.
De acordo com uma fonte, Luzimar foi executada porque publicou em um grupo de WhatsApp um áudio, no qual criticava o traficante Djavan de Jesus, também conhecido como “Dja”. O marginal foi morto em confronto com policiais da Rondesp Central.
Ainda de acordo com a fonte, ela recebeu vários tiros de revólver e até pistola ponto 45. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário