quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Assista aqui o vídeo - Vídeo registra batalha épica entre tamanduá e onça na Amazônia

Youtube/Reprodução
Um vídeo divulgado na última terça-feira (21) pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) mostra uma épica batalha entre um tamanduá-bandeira e uma onça-pintada – cena rara, considerando que esses grandes felinos costumam caçar presas menores. A luta foi registada por uma das 84 câmeras instaladas na Reserva Biológica do Gurupi, no Maranhão.
As imagens mostram o tamanduá avançando na onça, porém, o que acontece depois é difícil de prever. Os pesquisadores da reserva afirmam que não foi encontrado nenhum indício de que a luta teve um fim mortal para qualquer um dos animais. Por isso, eles acreditam que, ao que tudo indica, a onça fugiu logo em seguida, permitindo que o tamanduá seguisse seu caminho.
Espécies em declínio - Já é de conhecimento dos cientistas que onças-pintadas podem caçar tamanduás-bandeira. Porém, esses grandes felinos costumam preferir presas menores e mais fáceis de
capturar. Além disso, como mostra o vídeo, tamanduás podem reagir aos ataques com suas garras afiadas, e qualquer movimento errado pode resultar fatal para o
grande felino.
Mas não é apenas o tamanho e as habilidades de luta que tornam tamanduás presas improváveis. Esses animais são classificados como uma espécie vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, na sigla em inglês), o que significa que eles estão sob ameaça de extinção. A onça-pintada, comum nas florestas da Amazônia e na Mata Atlântica brasileira, também está com uma população em declínio, sendo classificada como uma espécie quase ameaçada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário