quarta-feira, 4 de maio de 2016

Indonésia prepara novas execuções - Não há informações de estrangeiros

A Indonésia está preparando a execução de diversos prisioneiros, disse uma autoridade policial nesta quarta-feira (4), embora autoridades não tenham dito se há estrangeiros entre eles desta vez. No ano passado, a execução de traficantes estrangeiros, incluindo dois brasileiros, gerou críticas internacionais.

No ano passado, os brasileiros Marco Archer (esq) e Rodrigo Gularte foram executados (Foto: TV Globo e AFP)
No ano passado, os brasileiros Marco Archer (esq) e Rodrigo Gularte foram executados

O governo do presidente Joko Widodo prometeu retomar as execuções por pelotão de fuzilamento em uma prisão na ilha Nusakambangan, apesar de críticas de ativistas de direitos humanos e de governos estrangeiros. "Estamos em alerta desde o mês passado para preparar o local", disse o porta-voz da polícia de Java, Aloysius Lilik Darmanto."Realizamos algumas obras no local, como pinturas e reparos, porque provavelmente mais pessoas serão executadas", disse, acrescentando que o pelotão de fuzilamento recebeu treinamentos e orientação. Ele se negou a comentar quantos prisioneiros serão executados, ou quando, e se há estrangeiros entre eles. No ano passado, os brasileiros Rodrigo Gularte e Marco Archer foram executados na Indonésia por tráfico de drogas, após o governo da Indonésia rejeitar os pedidos de clemência do governo brasileiro, o que gerou uma crise diplomática entre os dois países.

Dupla assalta chegue e pague e leva R$ 12 mil reais em Iguatu

Dupla assalta chegue e pague e leva R$ 12 mil reais em Iguatu Na manhã desta quarta-feira, 04, por volta das 08h uma dupla armada, ambos utilizando roupas pretas, capacetes e uma moto CG vermelha e sem placa. Assaltaram um Chegue e Pague que fica localizado dentro de um mercantil na Rua Maria Alves de Lavor, na Cohab II. Os bandidos levaram cerca de R$12 mil reais é o que informa o 10ºBPM de Iguatu, segundo populares, os dois passaram apenas alguns minutos na ação criminosa e levaram todo o dinheiro. Diligências estão sendo realizadas pela PM na tentativa de prender os bandidos.

Homem mata o namorado da ex após descobrir que filha teria sido estuprada

Caso é investigado pelo 2º Distrito Policial de São Vicente (Foto: Guilherme Lucio da Rocha/G1)
Caso é investigado pelo 2º Distrito Policial de São Vicente

Um homem matou o namorado da ex-mulher em São Vicente, no litoral de São Paulo, ao descobrir que o rapaz supostamente havia estuprado a filha dele, de apenas 10 anos, repetidas vezes. O suspeito, identificado como Jefferson do Carmo, de 28 anos, invadiu a casa da vítima, Fernando Júnior, de 26 anos, e disparou três vezes. Ele fugiu em seguida e até a publicação desta reportagem não havia sido encontrado. O crime aconteceu na tarde desta terça-feira (3), no bairro Cidade de Náutica. Jefferson namorou a moça, de 27 anos, e teve uma filha com ela. Em 2013, a vendedora conheceu Fernando por meio de uma rede social e se mudou para o Rio de Janeiro, onde ele morava, junto com sua filha. No ano seguinte, o casal se mudou para São Vicente por dificuldades financeiras. De acordo com informações da polícia, a avó da garota notou que a neta estava com o comportamento diferente e, após uma conversa, a garota disse que foi abusada por Fernando. Após um boletim de ocorrência ser feito, o pai da criança tomou conhecimento do suposto estupro e a filha repetiu a história para ele. Ainda segundo a polícia, o rapaz decidiu ir até a casa de Fernando e, armado com um revólver, atirou três vezes, atingindo o tórax e a mão da vítima, que ainda foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital Municipal de São Vicente, mas não resistiu aos ferimentos. Após o crime, Jefferson fugiu e, até o momento, não foi encontrado. A perícia da Polícia Civil foi acionada e o caso foi registrado no 2º Distrito Policial do município como homicídio doloso.

OPERAÇÃO DA PM - Armas, pássaros silvestres e cigarros são apreendidos em Iguatu

Armas apreendidas

A Polícia Militar apreendeu, na última segunda-feira, 2, quatro armas, cigarros e pássaros silvestres durante uma operação realizada em Iguatu. Os materiais foram encontrados após denúncias anônimas. Segundo a PM, as armas e os animais estavam no sítio Passagem Suassurana, em dois imóveis de proprietários identificados como Carlos Roberto Nogueira Nunes, 50 anos, e Cláudia Gonçalves Moreno, 34 anos, ambos sem antecedentes criminais. A PM havia recebido a informação de que Carlos possuía material para caça. Na casa de Cláudia, vizinha dele, foram encontrados os animais. Os dois foram autuados pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e manter em cativeiro espécie da fauna silvestre, com base nos artigos 12 do Estatuto do Desarmamento e 29 da Lei de Crimes Ambientais.  A dupla foi liberada após pagamento de fiança no valor de R$ 600, cada um. Em um estabelecimento comercial da cidade, a PM também apreendeu 680 carteiras de cigarros das marcas estrangeiras Eight, US e GIFT, além de um pássaro. Evilásio Silva Magalhães, dono do comércio, foi autuado em flagrante por receptação qualificada, com base no Artigo 180 do Código Penal, e também no Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais.

Cigarros foram apreendidos em comércio

NO STF - Janot pede abertura de inquérito contra Dilma, Lula e Cardozo

Resultado de imagem para operação lava jatoSob a acusação de que a presidente Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Lula (PT) e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, tentaram obstruir as investigações da Operação Lava Jato, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu nesta terça-feira, 3, pela abertura de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) contra os três. As informações foram divulgadas no site do Estadão. Caso o inquérito seja autorizado, eles serão investigados juntos. Janot pediu a investigação contra a presidente com base na delação premiada do senador Delcídio Amaral (sem partido) e do imbróglio causado pela tentativa de Dilma indicar Lula para ministro-chefe da Casa Civil. Esse entendimento foi reforçado após o vazamento de conversas telefônicas entre Dilma e Lula. Para que Dilma seja formalmente alvo de um processo no STF, o procedimento ainda precisa ser autorizado pelo ministro Teori Zavascki.
Momento conturbado - A decisão de Janot de pedir uma investigação contra Dilma acontece no momento em que o Senado se prepara para votar o pedido de impeachment da petista.

Rafaela Ravena, capa da 'Sexy', fala do bumbum em ensaio - 'É natural'

Rafaela Ravena como candidata ao Miss Bumbum 2012 e na capa da revista Sexy em 2016 (Foto: Divulgação / Marcus Steinmeyer/Revista Sexy)
Rafaela Ravena é capa da publicação masculina de maio e estrela ensaio nu

Com 1,70m de altura e 78kg, Rafaela Ravena, que estampa a capa de maio da revista "Sexy", acha que o corpão está com tudo em cima, mas pode melhorar. "Toda mulher que se cuida vê algum defeito no seu corpo e nunca está 100% satisfeita. Eu, por exemplo, quero perder ainda uns três quilos para ficar do jeito que acho que fica melhor para mim. Só que não tenho um ideal e varia com o tempo... Vai muito do reflexo que eu vejo no espelho", conta ela criteriosa. E foi buscando a perfeição na sua forma que Rafaela chegou a mais de 1 litro de silicone em suas próteses nos seios. "Morava em Miami, nos Estados Unidos, e lá o padrão estético da mulher é totalmente diferente. Entrei na onda dos médicos que te incentivam a colocar sempre mais e acabei trocando as próteses de 400ml para 600ml há um ano. Mas não é tão gigante... Falando parece muito grande, mas não é", conta Rafaela que garante que não mexeu em uma parte do seu corpo: "O bumbum é natural", se diverte. Já para o ensaio fotográfico nu para a publicação masculina, Rafaela revela que pegou firme na dieta e na malhação. "Intensifiquei a dieta porque foi preciso. Tentei balancear a alimentação com quase zero de carboidratos. Mas o meu grande problema é doce, não consigo me segurar muito. Só que você não precisa abdicar de uma coisa que você gosta muito, só manter um equilíbrio", conta ela que está ansiosa para a repercussão das fotos em que aparece sem roupa. "Estou muito ansiosa com o resultado nas bancas. Muita gente fala mal, mas querendo ou não estrelar um ensaio nu como este, ser capa de revista, é o sonho de toda mulher. Para mim é a concretização de um ideal e, a partir desta revista, espero que seja um marco na minha carreira de modelo".

Rafaela Ravena (Foto: Marcus Steinmeyer/Revista Sexy)
Rafaela Ravena (Foto: Marcus Steinmeyer/Revista Sexy)

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 31,5 milhões

Resultado de imagem para megasena
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.814 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado nesta terça-feira (3) no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo (SP). Veja as dezenas.
09 - 11 - 27 - 46 - 51 - 53
A quina teve 51 apostas ganhadoras e cada uma levará R$ 30.125,16. Outras 3.473 apostas acertaram a quadra e vão levar R$ 631,97 cada uma. O sorteio foi realizado nesta terça devido à edição especial "Mega-Sena das Mães", que tem um concurso extra e altera o cronograma da semana. A estimativa de prêmio para o concurso 1.815, a ser realizado na quinta (5), é de R$ 31,5 milhões. O sorteio do concurso 1.816 será no sábado (7). As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Bandidos matam marido e agridem mulher com coronhada na Serra

Homem foi morto em casa na frente da esposa na SerraUm homem foi assassinado na frente de sua mulher nesta terça-feira em Magistrado, bairro do município da Serra, no Espírito Santo. De acordo com o depoimento da esposa, o casal passou por momentos de terror antes do homicídio. A vítima foi identificada como Fabiano Ferreira Rocha. A companheira de Fabiano contou para a policia que eles foram surpreendidos por dois homens encapuzados quando chegavam em casa. O casal foi levado para um quarto da casa e obrigado a deitar na cama. Ainda segundo o depoimento da esposa foi nesse momento que um dos suspeitos teria atirado no homem. A mulher não foi atingida pelo disparo, mas levou uma coronhada na cabeça. Fabiano não possuía passagem pela policia e ainda não se sabe quem pode ter cometido o crime.

TOMOU BANHO E SE TROCOU - Padrasto diz que jovem roubou a mãe depois de assassiná-la

O marido de Vera Lúcia Martins não se conforma com a morte da mulher, vítima da própria filha no bairro do Pau Miúdo, na capital baiana. Muito abalado, o homem revela que mãe e filha sempre brigavam por causa de dinheiro. O padrasto mostrou uma conversa de Vera com a irmã, pelas redes sociais, em que a mulher fala sobre as ameaças que sofria da filha. — Ela planejou tudo, brigava sempre com a mãe por causa de dinheiro, queria poder, carro, tudo. A mãe dava tudo para ela, casa, dinheiro quando ela precisava, arranjou um trabalho para ela, ela saiu do trabalho para ficar bebendo, perdeu o emprego e só queria dinheiro para usar droga, beber e querer bater na mãe. O padrasto afirma que o crime foi todo premeditado pela enteada, Dulce. O homem afirmou que a jovem trancou a mãe no quarto após esfaqueá-la. Vera Lúcia estava em casa sozinha e foi surpreendida pela filha, Dulce. A jovem esperou a mãe tomar banho, voltar para o quarto e se deitar. Deu cinco facadas contra a mulher e fugiu. Dulce está foragida e o DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) investiga o caso. A polícia investiga se a filha teria relação com o tráfico de drogas.

Jovem é assassinado a tiros em ponto de ônibus

Um jovem foi morto a tiros em frente a um colégio estadual, na cidade de Curitiba, no Paraná, na última segunda-feira (2). De acordo com informações da Polícia Civil, David Mendes da Rocha, de 23 anos, estava em um ponto de ônibus, no bairro Cidade Industrial. Por volta das 13h, o jovem foi morto com diversos disparos de arma de fogo. O caso está sendo investigado pela DHPP (Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa), que ainda não possui nenhum suspeito.

DESCONFIOU DE TRAIÇÃO - Após matar mulher, homem aterroriza família de vítima

Um homem é suspeito de matar a ex-mulher e o chefe dela no bairro Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo. Meses após o crime, o homem continua foragido e ameaça a família. Familiares de Maria Eunice, de 26 anos, acreditam que Rafael Pinheiro pode fazer mal até para o próprio filho. Maria Eunice e Rafael Pinheiro ficaram juntos por nove anos, têm um filho de sete e moravam em Itajaí (SC). O homem nunca aceitou a separação. Dos quase dez anos de relacionamento, Maria conseguiu ficar longe do marido por dois anos. Ela sofria constantes agressões do marido que, por muitas vezes, ocorreram na frente do filho. Quando ela conseguiu se separar dele, se mudou para São Paulo para morar com a irmã. O homem ameaçou matar os familiares dela, caso a jovem não voltasse para Santa Catarina com ele. Toda a família de Maria precisou se mudar. No dia do crime, Maria pegou uma carona com o chefe, Fabio Oliveira, como fazia nos outros três dias da semana, desde que começou a trabalhar como vigia em uma casa de eventos sertaneja. Naquele dia, as outras vigilantes que trabalhavam com ela já tinham sido deixadas em casa. Por uma questão de localização da residência de Maria, Oliveira a deixou em casa por último. Quando chegaram na casa dela, por volta das 6h, a mulher desceu do carro carregando um molho de chaves e um chocolate. Ela estava caminhando para o portão da casa quando foi surpreendida por Pinheiro, que já chegou armado e atirando. A mulher foi atingida e morreu no local. De acordo com testemunhas, após matar Maria, o homem disparou contra o chefe dela, que estava no banco do motorista. Em seguida, ele fugiu de moto. O homem trabalhava como segurança e teria usado a arma do serviço para cometer o crime que, segundo a família, foi premeditado. Pinheiro continua fazendo ameaças de morte à irmã da vítima. Segundo a mulher, o homem a acusa de ter sido o pivô da separação entre ele e Maria Eunice. O suspeito continua foragido.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Na geladeira da Record, Geraldo Luís é 'despejado' de seu camarim

 
Geraldo Luís teria sido expulso do seu camarim na Rede Record a pedido da própria emissora. A alta cúpula do canal teria mandado encaixotar os pertences do ex-apresentador do Domingo Show e devolver as roupas emprestadas que ele usava de lojas e fabricantes. Esse espaço que era usado por Geraldo passará por uma reforma e servirá de camarim para outro apresentador. Não se sabe ainda se Luiz Bacci, que assumiu o programa na semana passada, ocupará esse camarim. Desde que Geraldo decidiu reclamar de funcionários da Record ao vivo em seu programa uma verdadeira batalha foi travada entre o apresentador e a emissora. A Record avalia se vale a pena comprar uma briga judicial com Geraldo, que teria descumprido uma cláusula do seu contrato, na qual diz que ele não pode criticar a emissora nem mesmo por questões técnicas (como uma falha durante uma transmissão ao vivo).  Acredita-se que ambas as partes podem rescindir o contrato sem o pagamento da multa contratual. A confusão envolvendo Geraldo Luís e a Record começou em 17 de abril quando o apresentador disse no final do seu programa: "Deixa eu falar uma coisa importante. O Domingo Show tem todo esse sucesso porque, graças a Deus, a Record me permite ser quem eu sou. E tudo aquilo que eu sinto eu falo. Eu sou muito feliz nesta casa, mas eu quero dizer que eu fiquei muito triste hoje. Como um contador de histórias, é muito difícil eu ver uma matéria, como eu vi a minha agora ser... [cortada], não pelos editores, que eu tenho uma equipe maravilhosa. Mas não façam mais isso, porque eu faço com tanto amor, eu brigo pela Record. Tem gente que tá aqui e não briga, cospe no prato que come. Eu não, brigo. Não sou covarde. Então quando vejo uma matéria minha que poderia ter rendido mais, eu brigo mesmo e, que pena! Não façam mais isso que vocês fizeram comigo. Pelo amor que eu tenho por essa emissora, por tudo, por favor, não façam mais isso com a minha matéria, em respeito profissional a mim também". Na ocasião, o dono da Record, o bispo Edir Macedo, estaria assistindo ao programa e automaticamente mandou suspender seu funcionário.

Homem é preso em Sobral com 1 milhão em moeda venezuelana

bolivar_venezuelanp
A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem que transportava em um ônibus de viagem interestadual, uma mala contendo cerca de 1 milhão de Bolívares Venezuelanos, que em reais soma pouco mais de R$ 419 mil. Segundo informações da PRF a prisão ocorreu nesta terça-feira, 03, durante uma abordagem de rotina feita ao ônibus que seguia viagem de Belém, com destino a Fortaleza. A ação ocorreu logo após o veículo sair da cidade de Sobral. O homem foi identificado apenas como Edson, é natural de Alagoas, seria autônomo e tem 42 anos. Ele se negou a dar informações aos policiais sobre a origem e destino do dinheiro e acabou sendo preso e encaminhado à sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza. O suspeito deve responder por crime de evasão de divisas, quando há a tentativa de introduzir no Brasil, de forma não declarada, moeda estrangeira, em valor maior que R$ 10 mil.

Janot denuncia Lula ao Supremo Tribunal Federal

Lula foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República

A Procuradoria-Geral da República denunciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao STF (Supremo Tribunal Federal) por suposto envolvimento em esquema para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, informou o jornal Folha de S. Paulo. O nome de Lula foi incluído no processo que investigava as ações do Senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). A denúncia será analisada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato. Ele apresentará seu voto à sua Turma no STF, composta de outros cinco ministros. Caso os ministros aceitem a denúncia, Lula vira réu. Não há data para que ocorra a decisão do STF. Além de Lula, foram incluídos na denúncia o nome do pecuarista José Carlos Bumlai e do filho dele, Maurício Bumlai.

Outro processo - Janot havia pedido autorização ao STF para incluir Lula e os ministros Jaques Wagner, Edinho Silva, e Ricardo Berzoini, no principal inquérito da Lava Jato.

Luana Piovani ultrapassa Geisy Arruda nas vendas de ensaio nu

Luana vence briga com Geisy nas bancas
Luana vence briga com Geisy nas bancas

Os números ainda não são oficiais mas, pelo retorno de vendas das bancas, Luana Piovani já pode comemorar sua vitória sobre a rival Geisy Arruda. As duas disputaram em abril qual das revistas venderia mais: a “Playboy”, que retorna ao mercado trazendo Luana completamente nua, ou o segundo ensaio de Geisy como veio ao mundo, seis anos após ela posar pela primeira vez para a mesma publicação. E, adivinhe... Ganhou Luana. O ensaio de Piovani teve 100 mil exemplares (entre as revistas que foram para as bancas e os assinantes) e deve fazer história nas vendagens. Um levantamento não oficial já mostra que mais da metade dos exemplares foram vendidos.

Geisy e Luana têm capas de ensaio nu parecidas
Geisy e Luana têm capas de ensaio nu parecidas

Já a “Sexy” de Geisy tem apenas mais uns dias de vendas. O ensaio nu da ex-estudante universitária ficará nas bancas até sexta-feira, e foram impressos 50 mil exemplares (20 mil de assinantes e 30 mil distribuídas nas bancas de todo o país), ou seja, a metade do número da ‘Playboy’ de Luana. Mesmo se a revista de Geisy esgotar nas bancas, ela não consegue bater Piovani. Os números oficiais de vendas só sairão trinta dias após o recolhimento das revistas nas bancas. Mas, pelo visto, Luana já pode comemorar...

Luana vence briga com Geisy nas bancas
Luana vence briga com Geisy nas bancas

É DE IGUATU - Ex-PM é preso em flagrante suspeito de triplo homicídio

Armas encontradas com o ex-policial

O ex-soldado da Polícia Militar do Estado do Ceará, Francisco Paiva de Macedo Sobrinho, de 40 anos, natural de Iguatu, foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira, 3, suspeito da morte de pai, filho e o funcionário de um estabelecimento de compra e venda de veículos, nas proximidades do Anel Viário, em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). De acordo com a Polícia Militar, foram mortos pai e filho Francisco Brilhante Braga, 53 anos, e Daivid Jackson Freire Braga, 27 anos, ambos do município de Ocara. Além deles, também foi morto o funcionário do estabelecimento, Monarci Sátiro de Sousa, de 57 anos. Francisco levou dois tiros nas costas e o filho Jackson apresentava lesões no rosto, no ombro e nas costas, um total de cinco tiros. Monarci apresentava oito lesões de entrada e saída, no tórax, quadril, costas e pernas. Conforme a polícia, Jackson possuía antecedentes por violência doméstica e crime de trânsito e o pai dele não respondia na Justiça por crimes. Monarci possuía antercedente por crime ambiental. O homem iria matar pai e filho, mas o funcionário teria sido morto por engano. O ex-policial foi expulso da PMCE por roubo.

A prisão - Francisco Paiva Macêdo fugia em um Fiat Uno de cor vermelha com outro homem, que conseguiu fugir. Ele viu os policiais militares e foi abordado. Com ele a Polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola 380, que teriam sido utilizadas na ação. Pai e filho teriam ido deixar um automóvel WS4 para a venda e iam embora em uma Strada vermelha, mas não chegaram a entrar no veículo, foram baleados e morreram no local.

Suspeito - Francisco Paiva Macêdo foi preso no ano de 2005 suspeito de ter envolvimento em um roubo ao Chegue Pague no município de Iguatu. Na ação foram levados R$ 15 mil em espécie. Mais três pessoas foram presos na ação.

Deputado Agenor Neto comenta denúncias sobre licitação das obras do VLT linha leste

Resultado de imagem para dep agenor netoDurante a ordem do dia da sessão plenária na Assembleia Legislativa, o deputado Agenor Neto (PMDB) reforçou a denúncia feita pelo deputado Heitor Férrer (PSB) sobre uma licitação para as obras do VLT linha leste, no ramal Parangaba/Mucuripe. Agenor Neto destacou a informação do colega deputado de que a obra do VLT teria sido contratada por meio de processo licitatório, com um custo de R$ 174 milhões e mais R$ 20 milhões em aditivos. Ele observou que a demora na obra fez com que o Estado rescindisse o contrato. "Pois bem, a multa cobrada deveria ser em 5% do valor total, portanto R$ 9 milhões e 700 mil. Mas o Governo só cobrou R$ 145 mil". Conforme o parlamentar, além de não cobrar a multa contratual, o Estado licitou a obra, que já havia pago mais da metade, pelo valor idêntico ao licitado inicialmente. "Isso causou um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 100 milhões de reais".

Justiça de SP envia ao juiz Moro pedido de prisão preventiva de Lula

Justiça também encaminhou denúncia contra Lula por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica / Agência Brasil
A Justiça de São Paulo enviou ao juiz federal Sérgio Moro o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também foi encaminhada denúncia contra o petista por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. O processo foi enviado na última quinta-feira e ainda precisa de um parecer do Ministério Público Federal antes chegar ao juiz Sérgio Moro. O caso envolve as investigações sobre o tríplex no Guarujá, no litoral sul de São Paulo. O imóvel foi reformado pela construtora OAS, uma das investigadas na operação Lava Jato. A juíza do caso, Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, negou todos os recursos da defesa de Lula e manteve a decisão de declinar competência para realizar o julgamento.  Há cerca de um mês, a magistrada remeteu o processo ao juiz federal Sérgio Moro por entender que os possíveis crimes podem estar relacionados à operação Lava Jato.

Motorista sobrevive ao atropelar cavalo e animal entrar por para-brisa

Cavalo entrou por para-brisa de carro em acidente na Bahia (Foto: Sessé Guimmas/MedeirosDiaDia)
Cavalo entrou por para-brisa de carro em acidente na Bahia

O motorista de uma ambulância sobreviveu após um cavalo entrar pelo para-brisa do veículo em um acidente no município de Medeiros Neto, localizado no extremo sul da Bahia. Apenas as patas traseiras do animal, que morreu com a colisão, ficaram pelo lado de fora do veículo. O condutor do carro só sofreu escoriações leves. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente ocorreu a cerca de oito quilômetros da entrada da cidade. O motorista teve apenas ferimentos leves na mão direita, causados pelos estilhaços do vidro dianteiro do carro. O condutor é funcionário do Hospital de Medeiros Neto e trabalha transportando pacientes pela região há mais de sete anos. Ele conta que acidentes como esse são constantes devido ao grande número de animais que ficam nas margens da rodovia, mas que essa foi a primeira vez que se envolveu em uma colisão. "Na hora, eu tomei um grande susto. A pancada do lado do carona foi muito forte. Só ficou as pernas do cavalo pelo lado de fora. E ainda tive que jogar o carro no acostamento com o cavalo no para-brisa para que um caminhão que vinha atrás de mim não batesse na ambulância. Graças a Deus não aconteceu nada comigo e até continuei trabalhando. Com relação à ambulância, não teve jeito, foi perda total. Ficou muito danificada e não tem mais o que fazer”.  Felizmente eu tava sozinho no carro, sem acompanhante.

Cavalo entrou por para-brisa de carro em acidente na Bahia (Foto: Sessé Guimmas/MedeirosDiaDia)
Cavalo entrou por para-brisa de carro em acidente na Bahia

Motorista da ambulância sofreu apenas ferimentos leves (Foto: Sessé Guimmas/MedeirosDiaDia)
Motorista da ambulância sofreu apenas ferimentos leves

Suspeito de matar colega a facadas se entrega à polícia

Suspeito confessou ter matado colega a facadas porque vítima estaria o acusado de furtar um celular

Um homem foi preso em Afonso Cláudio, na região sul serrana de Sergipe, após ligar para a polícia, nesta segunda-feira (02), e confessar que tinha cometido um assassinato no município um dia antes. Jhone Moreira Estevão foi detido em casa, após admitir ter matado Jouberth da Ressureição, de 35 anos, a facadas. O crime aconteceu na tarde do último domingo (01), no bairro Campo 21. Para a polícia, o suspeito contou que os dois eram colegas, mas que a vítima vinha o acusando de ter furtado um celular. Jhone alega não ter cometido o furto e, por causa das acusações da vítima, acabou esfaqueando o colega até a morte. Jouberth trabalhava em uma oficina de caminhões da região e deixa a esposa e uma filha de 13 anos.