sábado, 25 de setembro de 2021

CGD expulsa mais um policial militar por participação em motim no Ceará

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira - Veja quais outros militares já foram punidos

A CGD expôs que o militar foi ao 18º Batalhão, epicentro do motim, se valendo de equipamentos das forças policiais

Mais um policial militar foi expulso por ter participado do motim no Ceará em 2020. Nesta sexta-feira (24), a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) publicou no Diário Oficial do Estado que acatou relatório final da comissão processante e puniu com sanção de expulsão o soldado Antônio Soares Lima Filho.
De acordo com a Controladoria, a punição vem em decorrência aos atos desonrosos e ofensivos ao decoro profissional, já que o praça teria aderido de forma espontânea à paralisação das atividades em fevereiro do ano passado. A CGD expôs que o militar foi ao 18º Batalhão, epicentro do motim, se valendo de equipamentos das forças policiais "o que demonstra afronta à disciplina militar e, em assim sendo, praticado ato de incitação à subversão da Ordem Política e Social e instigado outros policiais a atuarem com desobediência".
Outros dois militares já foram expulsos neste ano de 2021, também por participarem do movimento. O primeiro a ser penalizado desta forma foi o soldado Raylan Kadio Augusto de Oliveira. Raylan também, conforme a Controladoria, esteve no 18º BPM, no Antônio Bezerra, amotinado.
O outro expulso é um bombeiro identificado como Magno Maciel da Silva. A Controladoria considerou que Magno Maciel "está incapacitado de permanecer na situação ativa do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará".

ATUAÇÃO NO MOTIM - Consta no DOE que o soldado Antônio Soares pilotou uma motocicleta oficial do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual para chegar ao 18º BPM. Quando chegou ao local, o soldado foi recebido mediante gritos e aplausos dos demais militares que lá já estavam.
Uma testemunha conta que semanas depois, Soares confessou ter participado do movimento e justificou que a sua adesão se deu por ser parente de um dos integrantes da liderança do motim. Para chegar à decisão da expulsão, a CGD analisou imagens que flagraram o soldado. Em um video ele aparece ainda conclamando que os PMs em casa fossem ao Batalhão e aderissem ao movimento.

CGD - A defesa do soldado alega que naquela data o processo estava de folga, mas se encontrava no interior da sua casa e na companhia da esposa e dos filhos. Segundo a defesa, três homens com fardamento do Cotam fortemente armados tentaram invadir o imóvel do soldado, mas não conseguiram.
Antônio Soares, então, em choque com a violência sofrida por ele e pela família, decidiu vestir seu fardamento e sair "à procura de obter informações sobre o que estava ocorrendo, acrescentando que os policiais que estiveram em sua residência agiram com brutalidade e violência. Arguiu que o acusado, após idas e vindas procurando obter maiores informações sobre os motivos que levaram uma composição policial à sua procura, dirigiu-se à sede do 18º BPM, acreditando que seu nome teria sido associado ao movimento paredista, haja vista informações de que seu cunhado estava lá presente" é o que alegou a defesa, conforme a Controladoria.

PERMANÊNCIA DISCIPLINAR - Ainda nesta sexta-feira (24), a CGD publicou no Diário Oficial sanção de permanência disciplinar em desfavor dos PMs Cleber de Lima Oliveira, Jocicleison de Lima Alves e Akácio da Silva Varela. A Pasta destaca que todos processos administrativos seguem os preceitos da ampla defesa e do contraditório.
"Atualmente, 341 policiais identificados por participação no motim de 2020 continuam respondendo a processos administrativos disciplinares, estando estes em fase de instrução processual. Além disso, existem investigações em curso, que podem resultar em novos processos disciplinares", disse a Controladoria.

Três pessoas são mortas a tiros em estabelecimento comercial de Independência

A Polícia segue investigando a motivação do crime e buscando os autores do triplo homicídio -  As vítimas tratam-se de uma mulher de 35 anos e dois homens, sendo um de 30 e outro de 31 anos

Três pessoas foram mortas em um estabelecimento comercial por disparos de armas de fogo em Independência, município localizado no interior do Ceará, no início da tarde desta sexta-feira, 24. De acordo com informações preliminares coletadas por equipes policiais, trata-se de uma mulher de 35 anos e dois homens, sendo um de 30 e outro de 31 anos. Não foi divulgada a identidade das vítimas.
As buscas seguem em andamento para investigar a autoria do crime, que segue desconhecida. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) também foi acionada para atuar no caso, em que um inquérito policial foi instaurado na Delegacia Municipal de Independência.

A população pode contribuir, com a garantia de sigilo e anonimato, repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3675-1620, da Delegacia Municipal de Independência. É possível ainda contatar o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para falar com o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Caminhão carregado com cimento tomba e cai dentro de açude no CE

 Não há informações sobre quando o caminhão será retirado de dentro do reservatório

Um caminhão tombou e caiu dentro de um açude no município de Forquilha, no interior do Ceará. O acidente foi registrado nesta sexta-feira (24). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal do Ceará (PRF-CE), apenas o motorista estava dentro do caminhão que estava carregado com cimento.
Ainda segundo a polícia, o motorista perdeu o controle do veículo e sofreu apenas ferimentos leves. A carga de cimento não ficou comprometida e não atingiu a água do açude que abastece a cidade, de acordo com informações preliminares da polícia.
Agentes da Agência Municipal de Meio Ambiente de Sobral e da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) compareceram ao local para analisar possíveis danos provocados pelo acidente.
Não há informações sobre quando o caminhão será retirado de dentro do reservatório.

Homem é preso com drogas e arma dentro de caixa d'água no interior do Ceará

 Ele e mais dois suspeitos foram vistos fazendo uso de drogas no município de Mauriti

Tabletes de droga e arma de fogo estavam em posse do homem escondido na caixa d´água

Um homem foi preso com drogas, arma de fogo e munições dentro de uma caixa d'água na tarde desta sexta-feira (24) na cidade de Mauriti, no sul do Ceará.
Segundo a Secretaria da Segurança Pública, após receber denúncias sobre um grupo que estava fazendo uso de drogas no Bairro Novo Mauriti, uma equipe da Polícia Militar foi ao local e avistou três homens. Dois foram abordados, mas nada foi encontrado com eles.
O terceiro suspeito fugiu, mas após buscas na região, ele foi encontrado no interior da caixa d'água com a arma e os entorpecentes. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Brejo Santo e autuado por tráfico de drogas.

Conta de luz da tarifa social continua com bandeira vermelha 2 em outubro,

Custo adicional é de R$ 9,49 por 100 kWh consumidos - Famílias de baixa renda não pagam bandeira de escassez hídrica, em vigor até abril para demais consumidores

Entenda as bandeiras tarifárias

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (24) que a conta de luz das famílias de baixa renda incluídas na Tarifa Social de Energia Elétrica continuará com a bandeira tarifária vermelha 2 em outubro.
O sistema de bandeiras tarifárias é uma cobrança adicional aplicada às contas de luz quando o custo de produção de energia aumenta. O valor extra é reflexo da crise hídrica que afeta os reservatórios das usinas hidrelétricas. Para preservar água, o governo acionou as usinas termelétricas, que são mais caras e mais poluentes.
Com o acionamento da bandeira vermelha patamar 2, a cobrança adicional na conta de luz da tarifa social é de R$ 9,49 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos.
Os consumidores da tarifa social são isentos de pagar a bandeira escassez hídrica, que entrou em vigor para os demais consumidores em setembro e deve permanecer até 30 de abril de 2022.
A nova bandeira, que é a mais cara do sistema, representa alta de 49,63% em relação à bandeira vermelha patamar 2. Com a bandeira escassez hídrica, o custo da energia tem um adicional de R$ 14,20 por 100 kWh consumidos.
As famílias de baixa renda continuam tendo direito ao desconto nas tarifas, que varia de 10% a 65% de acordo com a faixa de consumo. O desconto é concedido nos primeiros 220 kWh consumidos mensalmente por clientes residenciais.

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado

 Valor da aposta mínima é de R$ 4,50

Apostas podem ser feitas até as 19h

O concurso 2.412 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 7 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta sábado (25) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet - saiba como fazer.

Para apostar na Mega-Sena - As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Espada-de-São-Jorge - Saiba como plantar e cuidar

Planta é conhecida pela presença em várias regiões do Brasil, sendo comum pela alta capacidade de adaptação

Espada-de-São-Jorge é conhecida pela boa adaptação em diversas localidades

Não é muito difícil encontrar em diversos locais pelo Brasil exemplares da famosa planta Espada-de-São-Jorge. Conhecida pela capacidade autônoma de se gerir, ela é comum para ornamentações em ambientes e até mesmo para quem busca formas fáceis de plantar em casa.

QUAIS OS TIPOS DE 'ESPADA-DE-SÃO-JORGE'

Em solo brasileiro, duas espécies são as mais comuns: a Dracaena Zeylanica e Dracaena Trifasciata. Para confirmar a popularidade, sabe-se que elas ganham até mesmo outros nomes, como espada-de-Santa-Bárbara e espada de Ogum

Espada-de-São-Jorge lida bem tanto com a luminosidade como com a falta dela

"É bem difícil associar qual a espécie exata ligada ao nome 'espada-de-São-Jorge' justamente por essa planta estar sempre mudando em cada região".
Apesar da popularidade, a planta não tem origem no Brasil. Ela veio da África, mas tem algo bastante apreciado por aqui: a forte resistência. "Ela está familiarizada com diferentes condições, como o sol intenso, sombreado, a pragas ou geadas. Pode até chegar a queimar as folhas, mas volta a produzi-la novamente".

COMO CULTIVAR - Algumas das dúvidas relacionadas à planta estão intimamente conectadas às informações sobre como cultivá-la. Para especialistas, vale lembrar, a espada-de-São-Jorge é uma das mais simples, visto que requer apenas os cuidados básicos no plantio. É uma planta independente, que requer poucas ações de cuidado.

PODE PLANTAR EM VASO - A boa notícia para os interessados em cultivar a espada-de-São-Jorge é que, justamente por conta da facilidade de adaptação, ela pode ser perfeita para os mais diversos espaços, incluindo os vasos.
"Para plantar em vasos é preciso estar atento à inclusão do adubo bem completo, entendendo que é importante que ele tenha nutrientes necessários para o crescimento da planta, evitando que as folhas fiquem queimadas ou tenham uma estética ruim".

COMO SÃO AS FLORES DA ESPADA-DE-SÃO-JORGE

As flores da Espada-de-São-Jorge são pequenas e de odor adocicado

As flores pequenas são típicas da espada-de-São-Jorge, geralmente com uma abertura durante o fim do dia. Elas são brancas e apresentam um perfume adocicado, bastante conhecido por quem opta pela planta em casa.  

Quadrilha formada por policiais civis cobrou R$ 1 milhão de traficante para não prendê-lo - Denuncia MPCE

Esquema contava com a participação de seis 'informantes', que eram usados para negociar com traficantes - Ministério Público denuncia 26 policiais por formação de quadrilha, extorsão e tortura

Operação da Polícia Federal serviu como base para investigação do Ministério Público que aponta quadrilha formada por policiais civis 

A denúncia do Ministério Público do Ceará (MP-CE) contra 26 policiais civis, entre eles três delegados, aponta que três inspetores de Fortaleza, que fazem parte da quadrilha formada pelos agentes, desviaram parte de uma apreensão de entorpecentes e cobraram R$ 1 milhão a um suspeito de tráfico de drogas para não prendê-lo. Valor que foi repartido entre os policiais.
A informação consta no documento da investigação realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que está dividido em 26 fatos, datados dos anos de 2016, 2017, 2018, ocorridos em Fortaleza e na Região Metropolitana. A investigação durou pelo menos três anos.
O processo de 298 páginas é assinado por três promotores e traz detalhes do esquema. Entre os crimes apontados pelo MP contra os agentes estão: extorsão, tortura, tráfico de drogas, usurpação de função pública, abuso de autoridade e favorecimento pessoal.

Traficante usado como 'informante' - Na denúncia do MPCE consta que no dia 15 de junho de 2017 três inspetores da Polícia Civil, na época lotados na Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), abordaram o traficante Weverton Moreira de Brito, conhecido como "Evim", "Evinho" ou "Cabeludo".
Durante a ação, segundo o órgão ministerial, o suspeito foi encontrado com determinada quantidade de droga, momento em que os policiais exigiram de "Evim" diversas vantagens ilícitas, sob a ameaça de levá-lo preso.
"Exigiram da vítima diversas vantagens ilícitas que consistiam, além de dinheiro em espécie e drogas, do levantamento e apontamento de 'serviços' e abordagens que rendessem, da mesma forma, vantagens à equipe".
Após o acordo feito com os agentes, "Evim" foi liberado e passou durante alguns dias informações e detalhes necessários para a abordagem de Tenilson Lessa Lima Filho, mais conhecido como "Patrão" ou "Jumento" e de seu comparsa Nickson Eliandro de Sousa Silva, que eram os alvos que os policiais queriam capturar.
Conforme o Ministério Público, "Evim" chegou a encomendar 30 quilos de drogas à dupla de criminosos. Os entorpecentes de "Evim" foram apreendidos pelos inspetores, "como forma destes alcançarem o seu intento criminoso final".
Na denúncia, o MP afirma que para despistar a origem da droga e assegurar a operação, um dos inspetores, que é apontado como um dos líderes do esquema, apresenta o material apreendido na delegacia especializada, porém com endereço de um imóvel abandonado no Bairro Bom Jardim e com o produto pertencendo a uma terceiro suspeito de nome "Naldinho".

Extorsão de R$ 1 milhão de traficante - No dia 19 de junho de 2017, de acordo com o Ministério Público, os traficantes "Patrão" e Nickson são abordados pela equipe da Divisão de Combate ao Tráfico na posse de mais de uma tonelada de maconha.
Ocasião em os três inspetores exigiram de Tenilson ("Patrão") "a importância de um milhão de reais para livrá-lo da prisão em flagrante".
"Com o acordo, Tenilson foi poupado e Nickson e a maior parte da droga foram levados e apresentados na sede da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD)".

Parte da apreensão foi desviada para traficante - Segundo o Ministério Público, Weverton ("Evim"), traficante usado como "informante", chegou a receber 60 quilos de maconha e parte do dinheiro extorquido do "Patrão", como recompensa pela ajuda na apreensão da droga.

Inspetores criaram grupo para comemorar e negociar recebimento do dinheiro de extorsão

A denúncia do MP afirma que após as formalidades da apreensão da droga, os inspetores criaram um grupo no WhatsApp nomeado "T-FLY JEANS", onde os integrantes trocam mensagens de agradecimento e negociaram o recebimento do dinheiro.
"Na mensagem de abertura de tal grupo, um integrante diz: 'mais uma vez foi uma honra trabalhar com os senhores'. Logo em seguida, outro integrante lembra aos demais 'de apagar esse grupo e todas as conversas'".
No mesmo grupo, os agentes negociam como vão receber o dinheiro da extorsão de R$ 1 milhão contra "Patrão". 

Para o Ministério Público, as ações descobertas durante a investigação configuram a prática do crime de organização criminosa

Polícia Militar prende mulher após espancar criança no município de Milhã

 A Polícia não deu mais detalhes sobre o local onde a ocorrência foi registrada

Duas pessoas foram presas por crimes envolvendo agressão física nesta última quinta-feira (23), no Sertão Central. Os casos aconteceram em Milhã e em Quixeramobim e em um deles envolve uma criança que era espancada pela própria mãe.
As informações foram confirmadas pela Polícia Militar da região. A primeira prisão ocorreu no município de Quixeramobim no contexto de violência doméstica. A Polícia não deu mais detalhes sobre o local onde a ocorrência foi registrada.
A vítima das agressões, uma mulher, e o acusado foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil do Município, onde o acusado foi autuado em flagrante com base na Lei Maria da Penha, que prevê pena e punição para quem é flagrado agredindo mulheres.

Milhã - Um outro caso foi registrado no município de Milhã. De acordo com a Polícia, a composição foi chamada para apurar uma denúncia de que uma criança estava sendo espancada. Assim como ocorreu no caso em Quixeramobim, a Polícia Militar não divulgou detalhes.
Ao chegarem no local (não informado) os policiais encontraram a criança com várias marcas de agressão e a suspeita teria fugido. As equipes realizaram buscas e localizaram a mulher que foi conduzida para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá (DRPC).

Homem morre eletrocutado ao realizar reparos em comércio no Centro de Juazeiro do Norte

O homem de 32 anos realizava reparos na rede elétrica de um estabelecimento comercial quando sofreu a descarga

Um homem de 32 anos morreu ao ser atingido por uma descarga elétrica enquanto realizava reparos elétricos em um estabelecimento comercial no Centro de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) foi acionada para retirar o corpo, que ficou preso ao poste.
A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada e colheu indícios que auxiliarão os trabalhos investigativos. A Delegacia Regional de Juazeiro do Norte investiga as circunstâncias da morte.

Dois homens são presos em Meruoca suspeitos de integrar facção

Com a dupla, a Polícia apreendeu uma arma de fogo

Dois homens foram presos em flagrante em posse de arma de fogo, no município de Meruoca, no interior do Ceará. Francisco Gardeson Amorim Gomes, 19, com passagens na Polícia por tráfico de drogas, e Francisco Cesar de Sousa Lima, 34, conhecido como "ET", com antecedentes criminais por furto qualificado, posse de drogas e contravenção penal, foram encaminhados pela Polícia Militar à Delegacia Municipal de Massapê, onde foram autuados por integrar organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo.
Outras pessoas que estavam no local e foram conduzidas à delegacia foram ouvidas e liberadas por não haver indícios contra elas.
Conforme levantamentos policiais, os homens são suspeitos de integrarem um grupo criminoso responsável por pichações e crimes na cidade. No imóvel, um revólver calibre 38, cinco munições e uma quantia de drogas foram apreendidos. Diante do flagrante, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia Municipal de Massapê.

Homem suspeito de chefiar tráfico de drogas e integrar grupo criminoso é preso com rifle

De acordo com a polícia, o suspeito estava escondido em uma residência em Caucaia após receber ameaças por ter trocado de organização criminosa na cidade de Umirim, onde morava

Rifle foi apreendido na casa onde o homem foi encontrado pela polícia

Um homem suspeito de integrar uma organização criminosa e de ser chefe do tráfico de drogas na cidade de Umirim, no Ceará foi preso em posse de um rifle no Bairro São Gerardo, em Caucaia, região metropolitana de Fortaleza.
De acordo com agentes da Força Tática da Polícia Militar, o homem que já responde por vários homicídios foi encontrado em uma residência do bairro, onde estava a arma que foi apreendida. Ainda segundo os militares, ele foi para a cidade por estar sendo ameaçado de morte após ter migrado para uma organização criminosa rival.
Após o cumprimento do mandado de prisão que estava em aberto contra o suspeito, ele foi levado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde se encontra á disposição da Justiça.

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

IPVA 2022 deve ficar mais caro com aumento no preço dos carros

O valor do IPVA é calculado a partir do preço médio do automotivo

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) deve ficar mais caro em 2022, com a alta dos preços dos automóveis e diminuição da produção durante o período de pandemia.
Dados da tabela Fipe mostram que o preço médio de carros populares subiu desde o começo do ano, em decorrência da queda na produção em torno de 25%, segundo a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores.
O valor do IPVA é calculado a partir do preço médio do automotivo, segundo tabela criada pela Fundação Instituição de Pesquisas Econômicas (Fipe). A determinação das alíquotas cabe a cada governo estadual.

Homem é preso em flagrante por estuprar irmã de nove anos

 O homem, que não tinha antecedentes, foi identificado como irmão da vítima

Um homem de 55 anos foi preso em flagrante sob a suspeita de estupro de vulnerável contra uma criança de nove anos. A ação criminosa aconteceu no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. O nome do suspeito não será divulgado visando preservar a vítima.
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), uma equipe da Polícia Militar foi avisada por operadores do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid), sobre o crime em andamento. A prisão ocorreu enquanto o suspeito estava com a vítima dentro de um automóvel.
Os profissionais que monitoravam as câmeras informaram aos policiais militares que estavam na região sobre o homem que estava em ações suspeitas com uma criança no banco dianteiro do carro. Na ação, a composição militar localizou o veículo e deu ordem de prisão.
O homem, que não tinha antecedentes, foi identificado como irmão da vítima. O suspeito havia deixado outra irmã em uma unidade de saúde e estava com a criança no carro.
O suspeito foi conduzido ao plantão da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, onde foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.
Na delegacia, os agentes descobriram que a criança já havia sofrido violência outras vezes. A menina foi conduzida para realização de exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). O caso foi transferido para a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), que segue investigando o caso.

Médico é morto dentro de clínica particular

 Entre os pacientes que aguardavam na recepção da unidade médica, estavam homens, mulheres, idosos e crianças

As câmeras de segurança da clínica em que o médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, foi morto nesta quinta-feira (23), na cidade de Barra, oeste da Bahia, flagraram o momento que os pacientes ouviram os disparos, que aconteciam dentro da sala de atendimento e correram. Entre os pacientes que aguardavam na recepção da unidade médica, estavam homens, mulheres, idosos e crianças. Também é possível ver o suspeito de cometer o crime deixando a sala de atendimento. O homem estava vestido com uma calça jeans e uma camisa cinza.
De acordo com a polícia, um paciente havia saído do consultório quando o suspeito entrou e disparou várias vezes contra o médico. Um dos tiros atingiu a cabeça de Júlio César. Ele chegou a ser socorrido por outros funcionários da clínica e levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.
A Polícia Civil de Barra detalhou ainda que um homem, comparsa do atirador, o aguardou do lado de fora da clínica para dar fuga. Os dois saíram do local em uma moto.
A delegacia de Barra investiga o caso e ainda não há informações sobre o que motivou o crime, nem quem são os suspeitos. Júlio César era natural da cidade de Xique-Xique, município vizinho de Barra. 

Suspeito de roubos a banco com pelo menos 16 passagens pela Polícia é preso pela PM

Atualmente, “Tetinha” se encontrava respondendo pelos crimes em liberdade, com medidas impostas pelo Poder Judiciário

Um homem com extensa ficha criminal por participação em crimes contra instituições financeiras no Ceará foi preso em Fortaleza. Gilcélio da Costa Lima, 42 anos, acumula mais de 16 autuações em inquéritos policiais no Ceará pelos mais diversos delitos.
Conhecido por “Tetinha”, Gilcélio responde a inquéritos policiais na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) e nas Delegacias Metropolitanas de Caucaia e de Cascavel, pelos crimes de roubo a banco, latrocínio, homicídio, dano, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, corrupção de menores, uso de documento falso e resistência.
Atualmente, “Tetinha” se encontrava respondendo pelos crimes em liberdade, com medidas impostas pelo Poder Judiciário. Durante o seu monitoramento, policiais militares do Cotam detectaram o momento que ele infringiu o perímetro imposto a ele. Diante disso, a composição do Cotam efetuou a abordagem e o conduziu até o 10º Distrito Policial (DP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). O recolhimento de “Tetinha” ao sistema prisional ficou a cargo da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

Membros de facção expõem cabeça de jovem em vídeo após decapitação

Uma semana após o caso, imagens de criminosos expondo a cabeça de Luan foram parar nas redes sociais

Um rapaz identificado apenas como Luan, de 23 anos, esquartejado em Caucaia, Região Metropolitana (RMF) teve a morte filmada e exposta na Internet. O jovem foi encontrado na quinta-feira, 16, e no dia seguinte cinco pessoas foram detidas suspeitas do crime. Uma semana após o caso, imagens de criminosos expondo a cabeça de Luan foram parar nas redes sociais.
Nas imagens os criminosos seguram a cabeça do jovem e citam o nome da facção criminosa que seria responsável pela ação. O vídeo foi gravado a noite. Os criminosos jogam a cabeça no chão e é possível ver outras partes do corpo em meio a escuridão do matagal. Enquanto filmam, eles também fazem símbolos com as mãos, que fazem referência a organização criminosa.
No dia que encontraram Luan, a Polícia relatou que apenas o tronco do corpo foi encontrado. O rapaz teve os braços, pernas e a cabeça arrancada. A morte cruel chamou atenção de moradores e, principalmente, de familiares. Nas redes sociais amigos de Luan comentavam a morte. "Te conheço desde pequeno e você não merecia a crueldade que fizeram com você", comentou um amigo.
Não houve velório para Luan, o corpo dele foi sepultado e cortejo foi acompanhado apenas por familiares. A família enlutada também utilizou as redes sociais para lamentar a forma cruel como perderam o jovem.

EM TEMPO – Por conter cenas fortes o blog optou por não divulgar o vídeo.

Justiça solta suspeitos de tráfico e manda CGD apurar conduta de PMs

A dupla foi apreendida com um quilo de maconha, além de crack e cocaína - A decisão considerou a abordagem policial sem suspeita fundada

Drogas e aparelhos celulares foram apreendidos em Juazeiro do Norte

A 2ª Vara da Comarca de Juazeiro de Norte mandou a Controladoria Geral de Disciplina (CGD) apurar a conduta de policiais militares que realizaram a apreensão de um quilo de maconha por considerar a abordagem policial sem suspeita fundamentada. Os suspeitos de tráfico de drogas foram soltos.
Cícero Wedson Ferreira Pereira e Marcílio Pereira da Silva foram presos em flagrante no dia 16 de setembro pelo crime de tráfico de drogas. O Ministério Público do Ceará (MPCE) manifestou-se pelo envio de ofício à CGD para apurar a violência da abordagem alegada por um dos presos.
Já na decisão judicial, afirma-se que a abordagem policial começou por suspeita dos agentes de segurança devido à existência de uma familiar de traficante dentro do carro abordado.
A Justiça considerou a busca ilegal por não ter a 'fundada suspeita', ou seja, o conjunto de critérios subjetivos e objetivos que devem ser analisados para a busca. O fato de a mulher ser familiar de um criminoso não seria motivo para abordar o carro. Por isso, a prisão dos dois foi relaxada, e ambos foram colocados em liberdade. Ao todo, havia sido apreendido um quilo de maconha, 50 gramas de crack e 25 gramas de cocaína.
O nome dos policiais não foi citado no documento.

Inscrições para o programa CNH popular estão previstas para começar em outubro

Os candidatos que optarem pela categoria A receberão um capacete - O programa do Governo do Ceará foi criado em 2009 e já habilitou 139 mil pessoas

Ceará retoma programa de carteira de habilitação popular com oferta para 20 mil pessoas

As inscrições para o programa CNH Popular no Ceará tem início previsto para ocorrer em outubro, segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE). A expectativa é que 20 mil pessoas de baixa renda sejam contempladas, com a habilitação nas categorias A (moto) e B (carro).
Os candidatos que optarem pela categoria A receberão um capacete. O programa do Governo do Ceará foi criado em 2009 e já habilitou 139 mil pessoas.
Nos próximos dias, o Detran-CE vai divulgar mais informações sobre as inscrições da CNH Popular. O Detran alerta para que os interessados estejam atentos e não respondam às falsas solicitações de cadastro que circulam em redes sociais, que são golpes.

Homem suspeito de estuprar sobrinha de oito anos é preso no Ceará quando tentava fugir para o Maranhão

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, o crime ocorreu no dia 4 de setembro deste ano na cidade de Tauá

Um homem suspeito de cometer estupro de vulnerável contra a sobrinha de oito anos foi preso nesta terça-feira (21) em Tauá, no interior do Ceará. Ele foi detido quando se preparava para fugir para casa de terceiros no estado do Maranhão.
Conforme a Secretaria da Segurança Pública, além de ser investigado pelo crime contra a sobrinha, ocorrido em 4 de setembro deste ano, ele foi condenado por um estupro ocorrido no ano de 1999.
Após buscas, ele foi encontrado no Bairro Tauazinho e encaminhado para uma unidade de Polícia Civil onde o mandado de prisão preventiva foi cumprido e agora está à disposição da Justiça.