terça-feira, 10 de julho de 2018

Açude Trussu, em Iguatu, chega ao seu nível mais baixo

Com capacidade para acumular 268 milhões de metros cúbicos, o Açude Trussu, responsável pelo abastecimento das cidades de Iguatu, Acopiara e Quixelô, atingiu seu menor volume dos últimos 20 anos.
Atualmente, a reserva do Trussu é de apenas 6,6% de toda a sua capacidade, conforme dados divulgados pelo Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh). O reservatório foi inaugurado em 1996, através de uma parceria entre o Governo Federal (DNOCS) e o Governo do Estado do Ceará.
De acordo com informações, a última vez em que o açude sangrou foi em maio de 2011. Este ano, mesmo com uma quadra invernosa considerada dentro da média pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o reservatório não conseguiu ampliar a sua capacidade.
O baixo volume do reservatório tem deixado os moradores de Iguatu preocupados. A população reclama da péssima qualidade da água que vem sendo fornecida nas torneiras das residências pelo Sistema de Água e Esgoto de Iguatu. “A água é amarelada, com um cheiro de podre, inviável para o consumo humano”, disse uma moradora do bairro Lagoa Parque, que pediu providências ao SAAE de Iguatu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário