quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Ceará passa de três mil homicídios em 2018

Polícia, Perícia Forense e populares no bar onde três policiais foram executados a tiros, em Fortaleza. (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Polícia, Perícia Forense e populares no bar onde três policiais foram executados a tiros, em Fortaleza

O Ceará teve 352 assassinatos em agosto, somando 3.110 homicídios desde o início do ano. Apesar do alto índice, o número de mortes é 23% menor se comparado agosto deste ano com o mesmo mês do ano passado. Na análise de janeiro a agosto, a redução foi de 3.233 para 3.110, -3,8%. Foram 5.134 assassinatos no estado em 2017, o ano mais violento já registrado no estado.
Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (5) pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. Os números oficiais do estado não contabilizam assassinatos ocorridos dentro de presídio nem pessoas mortas em ação policial.
Apenas entre 23 e 27 de agosto, foram 50 homicídios na capital cearense. A matança ocorreu nos dias seguintes ao assassinato de três policiais em Fortaleza.
Segundo o secretário da Segurança, a maior parte dos homicídios continua sendo devido à guerra entre as facções criminosas.

Mortes por região - Fortaleza tem mais homicídios que todas as regiões do estado. São 1.037 homicídios na capital cearense desde o início do ano. O número é 17% menor que de janeiro a agosto de 2017, quando ocorreram 1.258 homicídios, segundo os dados da Secretaria da Segurança.
Houve redução no número de mortes também no interior sul, de 636 para 564, uma queda de 11,3% entre janeiro e agosto.
Já na região metropolitana e interior norte houve aumento de 5,8% e 23%, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário