domingo, 23 de setembro de 2018

Morador de rua é encontrado morto no Centro de Quixadá - Suspeita de causas naturais

Um morador de rua, conhecido pelo apelido de “Urubu“, foi encontrado morto no Centro de Quixadá. O cadáver foi achado por vizinhos da antiga maternidade do Município, onde ele costumava dormir. O prédio pertence à Diocese, mas está desocupado há mais de ano. No local não havia nenhum vestígio de violência. Todavia o mendigo de aproximadamente 60 anos de idade apresentava um ferimento na cabeça.
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionada, mas o desempregado, identificado como Manoel Barroso de Sousa, já estava morto. Ele era natural de Choró, município vizinho a Quixadá. Tinha 58 anos de idade. No início do mês ele foi espancado quando tentava furtar uma bicicleta. Alegava que estava com fome e pretendia trocar por comida, informou um policial.
O cadáver foi recolhido à unidade do Instituto Médico Legal (IML), em Quixeramobim. A necrópsia deverá identificar a causa da morte. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local após receber a informação através de ligação telefônica. Populares informaram que “Urubu” havia adentrado o prédio no dia anterior, se acomodou no hall de entrada e se deitou. Não se levantou mais, causando estranheza, já que costumava sair, para pedir comida e água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário