quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Vereador sugere que cães e gatos de rua virem comida para leões em zoológico

 "Gato é muito pequeno, acho que não dá nem uma dentada pra um leão, mas quem tem seus cachorros tem que cuidar" - Essa foi uma das falas ditas pelo parlamentar paraense

Registro de tela do vereador Antônio Bezerra Franco (PSB), durante sessão da Câmara de Vereadores de Tucumã (PA)

Um vereador da cidade de Tucumã, no Pará, Antônio Bezerra Franco (PSB), sugeriu que cães e gatos de rua fossem usados para servir de comida a leões e onças em zoológico. A declaração polêmica foi dada durante sessão ordinária da Câmara, que tratava sobre proteção de animais abandonados, no dia 25 de novembro.
“Quem tem animal, tem que cuidar. Cada qual cuida do seu animal. Os que estão na rua, uns caras passam de carreta, recolhem, fazem exames e levam pro zoológico. Acho que a cidade que tem mais gato no Brasil é aqui, Tucumã. Os caras colocam os gatinhos no lixão e vai espalhando pela cidade. Gato é muito pequeno, acho que não dá nem uma dentada pra um leão, mas quem tem seus cachorros tem que cuidar”, disse o vereador.
Durante a sessão, os parlamentares debateram um projeto de lei apresentado pela vereadora Davina Rodrigues (MDB), que propunha destinar anualmente R$ 40 mil para cuidados com animais em situação de rua no município paraense.
Em outra ocasião da reunião, o vereador, que também é conhecido como Antônio “Cangaia”, foi questionado a respeito de seu comentário e se ele pretendia matar os cachorros com a atitude que tinha relatado, o parlamentar respondeu: "É, ué! Leva para o zoológico, coloca para fazer exames e lá, eles comem. Os leões e as onças".
A fala ganhou repercussão nas redes sociais e gerou indignação em internautas. Após a polêmica, o vereador se retratou em entrevista a uma TV local, e afirmou que sua declaração tinha sido distorcida. “Eu relatei, na época, que já aconteceu isso em algumas cidades. A pessoa tinha uma carretinha, acolhia e levava (o animal) pro zoológico. Mas aí, houve distorções e colocaram palavras na minha boca, de algo que não está no meu coração”, explicou.
Antônio Bezerra também destacou que apoia a aprovação do projeto de lei discutido na sessão, bem como a causa animal. “Iremos aprovar o projeto dentro da legalidade. Eu apoio todas as associações e ONGs que querem fazer o melhor pro nosso município. Jamais serei contra um projeto que zela pelos cachorrinhos. Lá em casa tem três, todos adotados, estão gordos e sadios”, concluiu o parlamentar.

Um comentário:

  1. Porquê ele mesmo não se joga pros leões comerem ele. Babaca. Idiota.

    ResponderExcluir