quarta-feira, 6 de junho de 2018

Atirador de elite da PM mata ladrão que fazia mulher refém em MG

Atirador de elite da PM mata ladrão que fazia mulher refém em MG
Os militares fizeram cerco ao ladrão e começaram a negociar a libertação da vítima

Um homem foi morto por um atirador de elite da Polícia Militar enquanto mantinha uma mulher refém dentro de uma loja no centro de Belo Horizonte, na noite da última terça-feira (5). Ele ameaçava por mais de uma hora a vítima com uma arma apontada para a cabeça dela.
A mulher foi feita refém dentro de um estabelecimento comercial na Avenida Paraná. Ele fugia da polícia após roubar celulares em uma loja de varejo na Avenida Augusto Lima.
Os militares fizeram cerco ao ladrão e começaram a negociar a libertação da vítima. Para facilitar o trabalho da PM, todo o perímetro no entorno do comércio foi bloqueado.
O Bope (Batalhão de Operações Especiais) da PM foi acionado e negociou por mais de uma hora com o criminoso, que ameaçava matar a mulher e cometer suicídio. Durante o período, ele disparou tiros dentro do local.
Quando os negociadores constataram que o homem ia matar a vítima ele foi baleado por um atirador de elite da PM. Os bombeiros tentaram prestar socorro, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu. A mulher saiu ilesa, mas estava em choque e foi atendida no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário